Voltar 23 de Julho de 2019

Foi anunciado suspensão para Messi e multa de R$ 5,6 mil

Tribunal puniu o craque com suspensão automática por vermelho tomado contra o Chile. Decisão não diz respeito a declarações polêmicas.

O Tribunal de Disciplina da Conmebol puniu Lionel Messi com um jogo de suspensão e multa de 1,5 mil dólares (cerca de R$ 5,6 mil). A punição se deu devido ao cartão vermelho tomado pelo craque na vitória da Argentina por 2 a 1 contra o Chile, na decisão do terceiro lugar da Copa América.

A entidade, no entanto, deve divulgar nova decisão a respeito das declarações polêmicas dadas pelo camisa 10 durante a competição. Messi não participou da entrega de medalhas e disse, após o jogo contra os chilenos, que não gostaria de "participar de toda aquela corrupção". Espera-se, segundo o diário "Olé", uma leve sanção ao argentino pela atitude.

Vermelhos! Medel e Messi se estranham, juiz expulsa os dois e tempo fecha de novol

A entidade decidiu aplicar apenas a suspensão automática prevista pela expulsão. No comunicado da decisão, a Conmebol deixa claro que a punição deverá ser cumprida de acordo com o artigo 74.2 b) do Regulamento Disciplinar. Segundo o texto, se um atleta punido na Copa América não puder cumprir a suspensão no torneio, ele ficará fora de jogos por competições da Conmebol ou da Fifa.

Portanto, Messi deve desfalcar a Argentina na primeira rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, cuja tabela ainda não foi divulgada. O torneio classificatório para o Mundial do Catar começará em março do ano que vem.

 

A Associação do Futebol Argentino (AFA) chegou a enviar um pedido à Conmebol para que retirasse o cartão vermelho sofrido por Messi. A alegação dos argentinos era de que o lance era apenas para amarelo, e não para expulsão direta.

Também nesta terça, a Conmebol publicou retirou Claudio Tapia, presidente da AFA, do conselho da entidade na Fifa por conta das diversas reclamações feitas contra o órgão sul-americano, a CBF e a organização da Copa América durante a competição realizada no Brasil este ano.

Fonte: Ge